A crise já não é mais algo que me incomoda.

O que me incomoda é como as pessoas reagem as minhas crises.

E o modo como eu reajo as delas.

Como podem pedir algo assim pra mim?

Eu só queria ficar do seu lado.

Mas agora eu sou ignorado.

E chega.

Não mais.

A minha crise é mais importante agora.

Se é que existiu algum momento que ela parou de existir.

O tecido da realidade dobra-se novamente,

e eu sigo ele. E moldo ele de acordo.

Eu faço o meu futuro.

Eu te amo, mas você me deixou na mão dessa vez. Vai precisar de muito pra te perdoar.

Unkz/Pedro.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s