Nesse período de reminiscência, me resta a mesma pergunta.

Quem sou eu?

As cartas na mesa só aumentam em número.

Passei pelo progresso do sujeito cartesiano, e do sujeito sociológico.

Agora, quem reina é a contra-parte moderna.

Unkz.

Pedro.

A liquidez das nossas consciências é… imprevisivel.

Mas eu acho que… não preciso mais mentir pros outros. Posso ser eu mesmo.

Se bem que a maior parte das vezes só falo quando quero..

Unkz…

Boa noite.

O tecido da realidade se remonta outra vez.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s