Surge em cena um novo eco.

Um eco de muitas faces,

este que carrega o meu futuro em uma

decrescente espiral.

Que veio a espelhar a vida que sonho.

Numa ínfima possibilidade,

agarro-me ao acaso e torço.

Torço para o dia em que esforços como este

sejam algo que estejam não mais

condicionados ao acaso  e suas dificuldades

Mas sim as vontades do além,

e as determinações que levantam impérios.

E as pessoas que não tem medo de sujar suas mãos.

Aquelas mãos que passam por imensa,

E INEBRIANTE SENSAÇÃO.

INFURIANTE E VICIANTE

CHAMA DE CONFORTO E DESCONFORTO

QUE A APATIA E A INDIFERENÇA TRAZEM.

METAFALICA NECESSITA DE UMA VONTADE.

Uma incessante e decisiva vontade.

De estar bem.

De todos estarem bem.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s