Lembro de como fui.

Um… moleque sem fio de noção do que ocorria em minha volta.

Agora, quando me noto vejo que sinto muito. Sinto muito em sentir coisas e sensações a minha volta.

É uma… Vontade de querer ver mais

Uma vontade de sentir mais.

Que aí quando se derruba,

Vem então, lamento.

Vem então… sofrimento.

Vem então desdém…

traço de um tempo sozinho.

Traços de não estar com alguem sem turbulências.

Não importa quão turvas,

Não importa quando distorcidas.

A trilha guarda contos para mim.

E você? Quais são suas historias que tenho para escutar?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s